Virginia Costa

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

FLOR DE LÓTUS & outras flores na Tailândia



Fotos tiradas pela minha irmã durante a viagem para a Tailandia
Os tailandeses sempre colocam essas travessas com flores frescas pela casa.
A mais importante para eles é a flor de lótus. É encontrada em lagos, pântanos, canais e no topo de pilares nos templos. Cinco tipos são mencionados na literatura. A flor é associada a seres celestiais. Muitas deusas têm botões de lótus em suas mãos nas pinturas. Outras flores aquáticas também são chamadas de lótus por eles. Existem três nomes para lótus em tailandês: Bua, Pathum e Ubon.
Esses nomes são popularmente usados para pessoas, monastérios, províncias, distritos e vilas devido às conotações favoráveis.
O deus Budha compara o homem aos quatro estágios da flor. Os budistas tailandeses sempre usam a lótus para homenagear a imagem do Budha.
A flor de lótus tem muitos outros usos. As pétalas, o cabo e a raiz têm propriedades medicinais. As sementes e as folhas mais novas são deliciosas. A folha maior e mais dura serve para embrulhar comida cozida. O artesanato deles também é inspirado na forma e cores da flor de lótus.



sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Exposição na Assembléia Legislativa de São Paulo



KARIM RASHID



O Instituto Tomie Ohtake traz pela primeira vez ao Brasil uma exposição do celebrado designer Karim Rashid, apresentando um panorama significativo de sua obra. A maioria das peças reunidas na mostra, com curadoria de Albrecht Bangert, pertence ao acervo do museu alemão Die Neue Sammlung, de Munique. 24 OUTUBRO 2008 a 4 JANEIRO 2009
Av. Faria Lima, 201




Infelizmente é proibido fotografar a exposição. Seu design está em praticamente tudo que nos rodeia, em vidros de perfume, luminárias, latas de lixo, aspiradores, roupas, louças. Gostei muito de tudo. Ele é genial. Só não gostei das roupas.

Além do Sol Nascente

José Nelson (esq) e Claudio Tozzi (dir.)
Professor Carlos von Schmidt, Debora Mac Lennan (esq.), Adriana Coppio e eu
Estive lá na noite de autógrafos. Carlos von Schmidt estava muito feliz com mais esse lançamento. Também escreveu "Na Cama Com Picasso" e "Dalí Libertino".

Além de escritor,Carlos von Schmidt é jornalista professor, museólogo, crítico de arte e curador.

Posso afirmar, sem a menor sombra de dúvida que ele é a pessoa mais culta que conheço e também a que tem a melhor memória. Sua memória chega a ser irritante.

"Além do Sol Nascente " é sobre uma viagem que fez ao Japão em 1990. Comecei a ler ontem. Depois conto um pouco mais. A arte da capa é do Takita.

A propósito, não conhecia a Livraria da Vila. É excelente. Ambiente agradável, vários espaços, café. Com tantos bons livros, fica difícil sair de lá sem uma sacolinha.