Virginia Costa

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Hangers - Cabideiros

Ve se pode!! Metade de cadeiras! Adorei também este " clipão"
Com pecinhas de jogos

Estes são de adesivos

Mais Reciclagem

Festa São João de Caçapava

Agora foi o final da temporada das Festas Juninas! Fui a várias, mas duas delas em especial eu adorei. Esta, a de Caçapava foi uma surpresa pelo "tamanho" e capricho na decoração. Esta bonitona de boné é a amiga que me convidou. Ela trabalhou duro numa das barracas e participou ativamente da decoração da mesma. Abaixo, o marido, responsável pelo delicioso churrasquinho. Tinha também um sanduiche de pernil inesquecível. Na verdade, eu mais admirei, tirei fotos e experimentei as coisas do que trabalhei. A parede com os chapéus com flores e outros detalhes ela que fez.
Eu estive lá no dia do encerramento. Esta festa tem mais de 80 anos de tradição. É uma homenagem a São João Batista, o padroeiro de Caçapava. O objetivo é também incentivar e valorizar as tradições culturais da região, promovendo uma espécie de intercâmbio cultural entre os municípios. Tem de tudo, shows com representativos grupos de música raiz do Vale do Paraíba, quadrilhas, cortejo de carros de boi enfeitados, brincadeiras como o pau-de-sebo, barracas de comidas típicas e este ano teve a procissão do mastro de São João Batista .
Olhem só a variedade de flores feitas a mão!
Tem um concurso para incentivar o pessoal a decorar as barracas. O prêmio é de R$ 3 mil.
Difícil escolher qual a mais enfeitada.
Muitas flores de palha, de tecido, de papel crepon, fuxicos, peneiras, palha de milho, chapéus de palha.
Tudo feito com muito capricho. Veja esses bonequinhos que arrematam a cortina sobre o balcão!Macacão de tecido, pernas e mãos de palha de milho. Eu sei muito bem o trabalho que dá fazer um por um!
As moças da esquerda estavam fazendo tapioca. Na da direita nem reparei o que cozinhavam por que me distraí com o armário dos fundos arrematado na vertical com fuxicos, com lampiões,galinhazinhas e com a parede forrada de tecido bem colorido.
Trem da Viração e Sergio Reis também se apresentaram num dos dias mas eu, que não sou tolinha nem nada, fui no dia do show do Almir Sater. Este dispensa comentários mas não resisto, super compositor, uma simpatia, excelente músico e pra completar continua bonitão e ouvi-lo me dá uma saudade de Campo Grande...
E a outra surpresa agradável foi a festa junina na casa deste casal super simpático e animado aí a direita. Pena que a pilha da máquina acabou e não deu pra tirar fotos da decoração com tanto capricho e criatividade feita pela própria Adriana. A comida estava deliciosa! Entre outras delícias, a melhor vaca atolada que já experimentei e também bolinho caipira fritinho na hora. Pra completar muita música e cantoria.

sábado, 27 de junho de 2009

Velas- Candles- Kerzen

Vocês sabem como eu gosto e velas e daquelas lampadinhas de Natal.
Já tinha visto esta ideia por aí mas agora achei imagens que ensinam a fazer de uma forma bem clara.
Primeiro arrume um vidrinho e corte papéis neste formato que está mostrando ai. O papel tem que ser um pouco transparente. Papel de filtro de café serve. Pelo que entendi são cinco partes neste formato. Daí você costura o lados. Cole na borda do vidro.
Passe um arame ao redor da borda do vidro bem firme. Com outro pedaço de arame faça uma alcinha pra pendurar em cima e faça mais dois ganchos embaixo pra prender nas laterais do vidro.
E...voilá!! Depois me conte como ficou ou mande fotos!

Mermaid - Sereia

Minha irmã adora sereias e resolvi fazer esta postagem para ela. Acho que ela anda querendo fazer uma almofada. Com certeza vai ser uma almofada charmosíssima e, sister, aproveita e faz uma pra mim, tá ?

As sereias são criaturas dos mares, metade peixe e metade mulher. São lindas, sedutoras e donas de uma voz tão encantadora que poucos conseguem resistir.
De fato, muitos marinheiros atraídos por seu canto pulam de seus navios e mergulham nos oceanos para ir ao encontro delas.
Dizem que até hoje muitos deles vivem com suas amadas nas profundezas dos mares. Alguns inclusive ganharam rabo de peixe!
As sereias são muito românticas e se apaixonam facilmente. Mas quando seus amados não correspondem a esse amor, choram tanto que espalham suas lágrimas por todo o oceano. É por isso que a água do mar é salgadinha.
Gostam de jóias e roupas. Por isso, às vezes são vistas perto de escombros de navios naufragados em busca de objetos preciosos.
Marinheiros e pescadores vêm contando histórias de sereias há séculos; a primeira foi vista em 1000 aC em Assíria. A imagem mais popular de uma sereia é aquela onde ela aparece sentada em uma pedra admirando a sua beleza no espelho.
Algumas sereias são criaturas boas, que atendem aos pedidos dos marinheiros que as ajudam. Mas muitas dessas aparições significam má sorte, um presságio de uma tempestade ou naufrágio. Há outras histórias que falam do canto enfeitiçado das sereias que seduzem os marinheiros até as pedras onde seus navios são esmagados em pedacinhos.
Esta sereiazinha do meio, com um arame, foi minha amiga Lis que fez e já encomendei uma pra você, Patricia
Este link ensina fazer uma dessas acima
mimikirchner.com/blog/archives/2009/02/mermaid-2/
O texto é do http://clubedassereias.zip.net/
E neste link fala de modo completo obre as lendas, mitos e origens das sereias

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Christian Louboutin

O diferencial deste sapato é a sola vermelha, a plataforma e os saltos altíssimos.
O solado vermelho hoje faz parte do imaginário feminino.
Como ele foi desenvolvido?-" Eu estava fazendo coleção inspirada na pop art, muito colorida. Quando veio o primeiro protótipo, parecia faltar algo, mesmo sendo fiel ao desenho. Percebi que no papel tudo era colorido, inclusive o solado, e no sapato real era uma grande massa preta. Graças a Deus uma moça que trabalhava comigo, Sara, estava pintando as unhas de vermelho. Imediatamente peguei o esmalte dela e pintei a sola toda. O que faltava era cor ! "

Na foto, o designer com a fã Mary Kate Olsen
Criado por sua mãe e três irmãs, Christian se tornou um profundo conhecedor dos segredos da alma feminina e se encantou pelos calçados na pré-adolescência, quando viu em um museu a gravura de um scarpin vermelho de salto agulha. Aos 15, já desenhava protótipos, inspirado pelas dançarinas do mítico clube noturno parisiense The Palace.
Oo designer, que chegou a criar para as grifes Christian Dior, Chanel e Yves Saint Laurent e largou tudo para se dedicar à jardinagem antes de fundar marca própria em Paris. Quando finalmente abriu a primeira loja, caiu nas graças de ninguém menos que princesa Caroline de Mônaco (52).
Para quem não conhece os sapatos Christian Louboutin são franceses, custam muito caro lá fora, uma média de U$ 1000,00, aqui é vendido na Daslu e no Shopping Iguatemi, São Paulo, em uma loja própria da marca
( dica da leitora Grazi)
Algumas das clientes ilustres -Angelina Jolie, Victoria Beckham, Katie Holmes, Nicole Richie e Dita Von Teeses. Todas mulheres lançadoras de tendências e que sabem se equilibrar com leveza em cima do salto altíssimo.
Christian Louboutin usou os Mestres holandeses como tema para sua coleção Outono/Inverno As fotos foram brilhantemente executadas por Peter Lippmann.
Louboutin trabalhou anos com Charles Jourdan e para grandes grifes antes de se estabelecer por conta própria em Paris, em 1992.
Louboutin faz sapatilhas, plataformas e sapatos de salto médio, mas são os do tipo agulha de 12 centímetros de altura que lhe fazem a cabeça. Para o designer, equilibrar-se neles não é nenhum sofrimento. “Há uma diferença entre sofrimento e falta de conforto. De sapatos de saltos altos não se anda como de pantufas, mas dá um prazer tão grande...”, disse ele, certa vez, à edição francesa da revista “Marie Claire”.
Fascinado por sapatos desde criança, o designer usou como base de suas primeiras coleções rascunhos de infância feitos em seus cadernos de escola. Sem loja, ele ia a cabarés e boates para vender seus sapatos.
Hoje seu império está presente em 46 países, entre pontos-de-venda e 17 lojas próprias.
Curiosidade - na sua estada no Brasil ele comprou 184 pares de Havaianas. Ele tem um barco no Egito e a tripulação está sempre de chinelos. Escolheu de todas as cores e separou alguns para ele.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Nice Cushions!

Esta é campeã. As almofadas em forma de embalagens para camisinhas contem dois bolsos.
Um é pra guardar as próprias, te-las sempre a mão. O outro é maior e tem dentro um camisinha bem grande, pra fazer bagunça mesmo.
As almofadas da Herzensheart são sempre diferentes e bonitinhas.
Essa da esquerda é pra carregar pra onde for. A outra vira mesinha de apoio.




Tenho visto estes bichinhos "zoiúdos" mas não tenho a menor idéia quem são.

Achei uma graça o São Francisco, cheio de detalhes, mas se ele visse os bichinhos acima....
Se quiser ver mais almofadas clique no marcador abaixo.

segunda-feira, 22 de junho de 2009