Virginia Costa

quarta-feira, 26 de março de 2014

Nada se cria....

Eu salvo numa pasta as coisas legais que eu vejo de outras pessoas que eu tenho vontade de fazer.Algumas coisas dão certo e obvio, outras são um fracasso. 

O que eu vi acima e o que eu fiz abaixo.Meu filho achou cômico eu ter uma raquete de tênis tao vintage! 
Quando dão certo, tem o problema que eu não sou uma boa fotografa e dai o trabalho fica mal apresentado.
Outra coisa na lista para aprender direito:fotografar.
 Enfim, vou mostrar aqui as coisas que eu fiz, baseada nas coisas que eu vi, assumidamente copiadas. O animal acima me inspirou a fazer o ursinho abaixo para meu lavabo.
No fundo, nada se cria, tudo se copia, e quem sabe mesmo não teme ensinar, veja o exemplo da Ei Menina, com seus belíssimos trabalhos em feltro. 
http://www.flickr.com/photos/ericacatarina/13086866774/in/photostream/
Ela pode mostrar a imagem, com a maior nitidez possível e não importa, poucas pessoas saberiam recriar o que ela faz com a mesma precisão. Conclusão, ela pode mostrar, sem medo de ser feliz. Eu, por exemplo, me empolguei com os passarinhos de feltro. 
São lindos, eu acho, mas não chegam aos pés do trabalho dela. O que eu ganho com isto? Quando ela mostra, eu tento melhorar o meu tema e a minha técnica. O lugar ao sol dela esta garantido e eu vou te-la como modelo. Saudável, não é?
Na minha fase anterior de pintura, me lembro que pedi dicas técnicas para a Sonia Menna Barreto, na minha opinião, a  maior artista plastica brasileira, muito longe da segunda/o
Pub em Genova (vendido). Ela me passou nome e endereço do fornecedor de pincéis e carbonos. Você acha que ela se sentiu ameaçada por mim? Imagine! O recado que eu quero deixar aqui é que quem sabe fazer e é bom não tem receio de ensinar. Não "usa" mais ficar guardando aquele segredinho do ingrediente da receita do bolo. Esta tudo no em video na net bem explicadinho. Alguém, generosamente, doou seu tempo para passar o conhecimento. Obrigada a essas pessoas!
Amei a frase engraçada e fiz para minha área de serviço. Alguém doou a ideia, não é?

Nenhum comentário: