Virginia Costa

domingo, 1 de março de 2015

Ciudad de Mexico em 24 horas

Por um problema de voo, tivemos que ficar por lá por 24 h, o que foi ótimo.
Minha pressa era conhecer aquela praça enorme famosa, a Praça da Constituição (ou Zócalo). Impressionante mesmo, principalmente a catedral 
O que me deixou assim, um pouco receosa foi o fato de haver um policial a cada 50 metros por onde andamos.
Este museu tem uma arquitetura belíssima mas não daria tempo para visita-lo.
No centro, belos prédios antigos, tiramos fotos, mas no fundo me senti como se estivesse em qualquer outro centro de qualquer capital. 
Por fim, achei o que eu queria, um mercado de artesanato com cara de México!! O mercado de San Juan.Enlouqueci. Tinha tudo que eu queria, tudo muito autentico.
 Foi um problema para pagar pois não tínhamos pesos e nem queríamos trocar dinheiro, não valeria a pena. Algumas poucas tendas aceitavam cartão.
Por fim, entramos num bar que estava com uma cara muito animada, bem em frente ao mercado e foi uma ótima escolha.
 O garçon nos seduziu com uma proposta interessante: se tomássemos quatro drinks poderíamos comer todo o cardápio de aperitivos. Achamos que seria uma missão muito fácil. O problema é que não me dei conta que seriam 4 drinks para cada um. Tudo bem, o voo só sairia à meia noite.
Experimentamos o Mezcal que veio acompanhado de laranja e de um sal escurinho, crocante, delicioso. Mezcal ou mescal é uma bebida alcoólica destilada, produzida a partir do sumo fermentado do agave. O mezcal diferencia-se da tequila por ser uma bebida mais "rústica", sendo em geral destilada apenas uma vez, contra duas ou três da tequila.
Uma curiosidade é o antigo costume de algumas marcas de introduzirem a larva de uma borboleta chamada de gusano dentro das garrafas de mezcal. Esta larva, que normalmente se desenvolve no meio das plantas do agave, mantém-se intacta se submetida a determinado teor alcoólico na bebida, abaixo deste teor ela se desintegra. E a mais importante regra e que o indivíduo que tomar o último gole da garrafa tem que comer o pequeno verme (larva) que se localiza no fundo da garrafa de certas bebidas mexicanas. Leia mais AQUI.
O garçon depois nos mostrou que tipo de sal era aquele: de gafanhoto moido. Chocante! Mas delicioso. Ia até comprar mas com tantos drinks me esqueci rsrsrs. Foi divertidíssimo.
 Frequentado só por mexicanos,no final todos estavam cantando musicas tipicas. 
A comida era excelente e os garçons muito simpáticos. Acho que foi um dos melhores e mais animados bares que já fui.
Quanto ao hotel, fizemos uma reserva pelo decolar.com no mesmo dia e recebemos a confirmação. O problema é que chegando lá não havia o transporte prometido, tivemos que pegar um taxi (US$ 25,00). O hotel não ficava pertinho do aeroporto, como dizia no site e sim no centro. No final foi conveniente para conhecermos. 
Outra coisa, no hotel Marlowe, eles não tinham a menor ideia de que chegaríamos, embora tivéssemos a confirmação do decolar.com. Fora isso, um hotel bom, bem central.
 Também não tinha café da manhã incluso na diária, (custaria US$ 15,00 p/p), conforme o decolar e resolvemos experimentar um café da manhã em um local bem típico e foi muito bom. Ao final, não tínhamos os pesos para pagar, eles não aceitavam cartão e meu companheiro teve que sair procurando uma casa de cambio enquanto eu ficava de refém no bar, com cara de tacho e a dona de olho em mim para não fugir rsrsr
 A cidade que hoje corresponde à capital mexicana foi fundada por volta do século XIV e era a capital do Império Asteca, quando se chamava Tenochtitlán, que acabou por ser completamente destruída pelos colonos espanhóis em 1524, tendo sido reconstruída nas décadas seguintes seguindo os padrões de colonização de exploração implementados pelo Império Espanhol.
 Ainda no século XVI, a cidade, já quase totalmente reconstruída, recebeu o nome que a acompanha até os dias atuais, Ciudad de México .
A Catedral Metropolitana da Cidade do México é uma das mais antigas catedrais católicas romanas do continente americano. É a sede episcopal da Arquidiocese do México e, portanto, a catedral primacial do país.
 Foi construída sobre os escombros de um templo asteca adjacente ao Templo Mayor, no lado norte da Praça da Constituição (ou Zócalo, como também é chamada), no centro da Cidade do México.

Nenhum comentário: