quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Vale dos Vinhedos e Roteiro das Cantinas Históricas

Bom, depois de explorarmos os Caminhos de Pedra, fomos passear pelo Vale dos Vinhedos e Roteiro das Cantinas Históricas. Na verdade, cantina significa o porão onde as famílias conservam os vinhos e embutidos. 
Cachoeira vista da estrada no Vale dos Vinhedos.
Optamos por não conhecer as inúmeras vinícolas da estrada por que senão não daria tempo para parar na estrada para admirar uma cachoeira dessas, por exemplo.
Biscoitos caseiros na Itallinni Biscotteria
 Eu só tinha programado conhecer a Itallinni Biscotteria. Muito bonitinha. 
Embalagens bonitas
Acabei trazendo a especialidade deles que é um amanteigado com limão que realmente é uma delícia. As embalagens são bonitinhas e é tudo produzido artesanalmente.
1000 Lugares Para Conhecer Antes de Morrer
No meio do caminho acabamos entrando na Casa Valduga que é impressionante. Não fizemos o tour, só visitamos a loja muito bonita e ainda fiquei impressionada por saber que eles tem cinco pequenas  pousadas charmosas lá dentro. Já imaginou ficar numa pousada dentro de uma vinícola? Um perigo! Enfim, ela é poderosa, afinal, tem 140 anos de tradição. E tem outras no mesmo padrão por lá.
Autêntica cantina italiana
 Uma das ditas cantinas que conhecemos com mais calma valeu a pena. Como em quase todos os comércios de lá, uma neta da família imigrante, neste caso, Cristofoli, nos atendeu muito bem.O porão em si hoje só funciona mesmo como loja e degustação dos vinhos que produzem.
Pessegueiro produzindo
 A família mora em cima e eles tem um pomar dos sonhos e uma videira enorme e sadia bem ali no quintal. 
Numa construção logo em frente pudemos ver os enormes e modernos tanques de inox. Coisa super moderna. As pipas de madeira descansam no porão, não menos majestosas. Poderiam ser usadas, se preciso fosse. Nessa vinícola também fazem os tours e eles são os precursores da ideia do Edredom nos Parreirais.
Já o que dá nome ao roteiro, o Armazém das Cantinas Históricas deixou a desejar. Só tem um charmezinho no jardim externo.
Linda loja de artesanato
Mas de repente,  surpresa boa no caminho.Uma lojinha com cara de contos de fadas.
Artesanato regional
Lá dentro, essas cestas são feitas com palha de trigo entre outros artesanatos.
Resumindo, como já sabido, a região é um paraíso para quem curte vinho e como brasileira, fiquei muito orgulhosa de conhecer esse lado altamente competente e produtivo do nosso país. Próxima parada, Gramado.

Um comentário:

virginia costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.