Virginia Costa

terça-feira, 20 de maio de 2014

Gruta do Lago Azul em Bonito, MS

Depois da minha experiencia em Derinkuyu, na Turquia, fico meia "cabreira" quando se trata de grutas e outros buracos mas esta gruta tem uma entrada bem ampla e clara, acabei me encantando.
O inicio da formação da Gruta do Lago Azul ocorreu há dezenas de milhões de anos. A foto abaixo não é minha.  A grande entrada permite a incidência direta da luz do Sol. Os raios solares, ao penetrarem no lago presente no seu interior, fornecem efeito óptico de  incrível cor azul.
 
 Como tudo em Bonito, o passeio é seguro e bem organizado, com guia credenciado e com o máximo cuidado para preservar o local.
 Na entrada da gruta fotografei este casal de udus. Repare no galho a esquerda(abaixo).  
 O receptivo aqui também é excelente, todo cascalhado, com banheiro e lojinha.Fico impressionada, a gente nem suja os tenis!!
  água que se infiltra pelo teto da caverna, num continuo gotejamento, deixa precipitar pequena quantidade de carbonato.
 Através desse lento e persistente processo formaram-se e continuam se formando as inúmeras estalactites que ornamentam o teto da caverna e as estalagmites no piso. Eles são  fundamentais para o estudo da variação climática do nosso planeta nos últimos milhares de anos.
  
No lago, ao fundo da gruta, vivem espécies raras de animais aquáticos, com tamanhos inferiores a 1 cm, encontrados apenas no ambiente subterrâneo, sem luz. Por isso são despigmentados e cegos. Foram também encontradas ossadas de animais que aqui viveram no Período Pleistoceno. Entre as ossadas, foram identificados fosseis de bicho-preguiça gigante, que atingiam 3 m de altura e do temido tigre-dente-de-sabre, entre outros. Estes animais aqui viveram quando o clima devia ser mais seco e a umidade da gruta deve te-los atraído, funcionando como uma armadilha natural.

Nenhum comentário: